São Jorge

6 posts

O verde, o imenso verde das pastagens que cobre vales e montes numa profusão infinita de tonalidades, as nesgas de terra junto ao mar – as fajãs – na base de altas arribas que mergulham no mar, as perspectivas da ilha do Pico e da sua alta montanha, são o quadro natural de São Jorge. Aqui e ali, as pequenas fábricas onde se pode ver como o espesso e rico leite das vacas se transforma nos grandes queijos que dão fama à ilha e são um bom princípio de refeição.

Percorrer São Jorge é um itinerário de descoberta. De paisagens que encantam e nos transportam ao mundo primitivo. De colchas de lã tecidas em velhos teares de madeira, repetindo padrões ancestrais. No final fica o desejo de voltar e reencontrar a tranquilidade, neste gigantesco navio de pedra eternamente ancorado no mar azul.